Milhões de pessoas usam prótese dentária. E todas terão histórias para contar, nem sempre as mais animadoras sobre as idas ao dentista e o período de adaptação. Não se deixe levar, porque cada experiência é única e, apesar de algum desconforto nos primeiros tempos, o uso da prótese dentária acabará por tornar-se algo que até lhe vai passar despercebido. Fique, pois, com alguns conselhos e dicas para tornar o processo mais rápido e simples.

A colocação da prótese dentária

O dentista deu-lhe a notícia: vai usar prótese. Começa aqui um caminho, que incluirá os seguintes passos:

  • Remoção dos dentes (em alguns casos)
  • Criação de moldes para que a prótese seja à medida da sua boca
  • Criação de moldes de mordedura de modo a garantir o conforto na mordedura
  • Criação de dentes de cera, que ajudam a perceber o aspeto e o funcionamento da prótese final
  • Colocação da prótese e aconselhamento de como a usar e cuidar dela.

 Sensações estranhas

Não se admire se sentir alguma estranheza agora que começou a usar prótese. Gengivas doridas são comuns durante o período inicial, o que é normal uma vez que a sua boca está a habituar-se à prótese. Este desconforto deverá desaparecer em breve. Dê tempo ao tempo, muitas pessoas adaptam-se às novas próteses imediatamente mas para outras poderá demorar alguns meses antes de se habituarem ao encaixe e à sensação.

Comer e falar

Boca, língua e músculos faciais terão de se adaptar à prótese dentária. E isso implicará alguma dificuldade em funções tão simples como comer e falar.

  • Prefira alimentos líquidos, sopas e sobremesas macias logo após a colocação da prótese.
  • Vá incluindo ovos, queijo, vegetais cozidos e gelados na ementa.
  • Tente não morder com os dentes da frente, para não deslocar a prótese. Mastigue uniformemente de ambos os lados, de modo a ajudar a as gengivas a habituarem-se à pressão.
  • Repita e alongue as palavras que mais usa, aposte sobretudo nas letras “s” e “f”.
  • Experimente ler em voz alta, em frente ao espelho e converse com familiares e amigos. Estes ajudá-lo-ão a identificar as palavras em que sente mais dificuldade.

 A importância do fixativo

Deslocação da prótese, dificuldade em falar e mastigar, acumulação de alimentos junto às gengivas – muitas são as situações que podem afetar o quotidiano de quem usa prótese dentária. Mas nada que um fixativo não ajude a resolver. E se lhe dissermos que agora pode deitar estes problemas para trás das costas graças a Corega Efeito Almofada? Mais do que só um fixativo, com a sua tecnologia ADAPTAGRIP oferece conforto extra* às gengivas, ajudando a protegê-las da pressão, fricção e irritação causadas pela prótese dentária. Contém carbómero que incha rapidamente dentro da boca e pode expandir-se até 1.000 vezes o seu volume original para criar uma camada elástica de amortecimento, resultando numa notável melhoria na textura e na sensação da boca. Com um aplicador de precisão, começa a atuar formando uma camada de gel que ajuda a amortecer as gengivas do impacto provocado pela mordida e mastigação.

Corega Efeito Almofada foi desenvolvido para começar a atuar imediatamente e lhe proporcionar uma fixação forte durante todo o dia. Porque o seu sorriso merece!

*vs sem adesivo. Em nome da GSK, em 2018 (18 de out. a 3 de nov.) a Ipsos entrevistou em Espanha, presencialmente, 162 utilizadores de prótese que não tivessem comprado um fixativo para a prótese dentária no último ano, nem rejeitem a compra de fixativos para próteses dentárias. Produto utilizado durante 14 dias. Os dados da pesquisa foram ponderados para corresponder ao perfil do público-alvo.

Dispositivo Médico. Leia cuidadosamente a rotulagem e as instruções de utilização. Manter fora do alcance e da vista das crianças. Algumas pessoas poderão ser sensíveis ou alérgicas ao creme fixativo. Se ocorrer alguma reacção alérgica pare de usar imediatamente.

CHPT/CHPLD/0075/19 – 12/19

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.