É no verão que o herpes labial tende a incomodar mais, mas isso não significa que deva esquecer os cuidados habituais, e ter ainda outros, durante o inverno.

Esta doença é provocada por um vírus, que reativa quando o sistema imunitário está mais enfraquecido, o que sucede com frequência durante os meses frios. Assegure uma alimentação equilibrada, não descure os saudáveis hábitos de sono e faça o possível para evitar situações de stress e ansiedade, de modo a manter as suas defesas em alta.

É quando o frio aperta que estamos mais sujeitos a gripes e constipações, doenças que também debilitam o sistema imunitário, podendo espoletar crises de herpes labial. Evite-as, fugindo de locais fechados e com muitas pessoas e não contactando com pessoas infetadas.

Lábios hidratados estão mais protegidos contra as rachaduras que funcionam como porta de entrada para o vírus. Tenha especiais cuidados nesta estação do ano, recorrendo a bálsamos labiais à base de vaselina ou manteiga de cacau, e nem pense em arrancar as peles ressecadas. Defenda ainda os lábios do frio, usando golas altas e cachecol nos dias mais frios e ventosos.

E estes são apenas os hábitos a acrescentar à prevenção e combate do vírus durante o inverno. Não se esqueça dos restantes que tem durante o resto do ano, como a proteção solar que deve ser levada em conta mesmo nos dias nublados. Inicie também o tratamento mal surjam os primeiros sinais de herpes labial e tenha cuidado com o contágio, evitando beijos e a partilha de talheres e outros objetos durante a crise.