Um corredor precisa de manter os níveis de energia para treinos e provas, o que se consegue através de certos cuidados com a alimentação.

Na véspera da competição é importante ingerir alimentos ricos em hidratos de carbono, sobretudo os complexos, como a batata-doce. Se a corrida for de manhã, acorde duas horas antes e aposte num pequeno-almoço à base de cereais, sumos e fruta. E não se esqueça de levar consigo uma maçã ou uma banana para comer meia hora antes da partida. No caso de a prova ser de tarde, almoce duas horas antes, colocando na ementa arroz integral, salada com legumes cozidos, frango ou peixe.

A evitar no dia da corrida são todos os alimentos ricos em gordura, que retardam a digestão e demoram mais tempo a transformar-se em energia. Risque da lista também as fibras, que estimulam o processo gastrointestinal.

Fique agora com o top dos 10 alimentos ideais para corredores.

Massas e pães

Os hidratos de carbono contidos nestes alimentos são o combustível que precisa para correr. Prefira os integrais, mas não no dia da prova, já que as fibras podem acelerar o trato intestinal e causar desconforto gástrico.

Ovo

Sabia que basta um ovo para satisfazer cerca de 10% das necessidades diárias de proteínas e aminoácidos? Para além disso, este ajuda na recuperação e reparação dos músculos e é rico em vitamina K, essencial para a massa óssea.

Leguminosas

Ervilhas, feijão, lentilhas e grão-de-bico são excelentes fontes de proteínas, fibras e ferro, com a vantagem de conter pouca gordura. Mas devem ser evitados no dia da corrida, já que podem causar flatulência.

Peixes ricos em ómega-3

Acrescente ao menu salmão, sardinha, anchovas e atum. A sua gordura insaturada ajuda a proteger o coração, os vasos e o cérebro, tendo ainda um efeito anti-inflamatório, que potencia a recuperação depois do treino.

Batata-doce

Rica em vitamina B6, a batata-doce ajuda ao metabolismo das proteínas e à circulação sanguínea. Tem ainda bastante potássio, que controla a retenção de líquidos. É também rica em manganês , nutriente que fomenta o metabolismo de energia celular. Como se não bastasse, as vitaminas C e E são essenciais para combater os radicais livres.

Banana

Este é um dos alimentos preferidos por quem corre. E os motivos são mais do que muitos. Na sua constituição encontram-se o potássio, os hidratos de carbono e ainda fósforo, magnésio, cálcio e fibras. A banana é também rica em probióticos e é de fácil digestão.

Cenoura

Rica em vitamina A, a cenoura ajuda a manter o sistema imunitário. Pouco calórica, é ideal para corredores preocupados com o peso. Prefira as cenouras baby quando lhe der a fome e evitar assim excessos nas refeições principais.

Cereais integrais

Aveia, arroz integral e quinoa são três excelentes opções para o fornecimento de hidratos de carbono, vitaminas do complexo B, ferro e fibras. Lembrem-se que estes nutrientes são fundamentais para a criação de energia corporal.

Frutos vermelhos

Baixos em calorias, estes frutos são ricos em vitaminas, minerais e fitonutrientes. Da lista fazem parte, por exemplo, os morangos, os mirtilos e as amoras, conhecidos pelas suas propriedades antioxidantes.

Chocolate amargo ou cacau em pó

O flavonoide presente no chocolate mais amargo ajuda à circulação sanguínea, melhorando o humor e facilitando o transporte de nutrientes e oxigénio aos músculos. O mesmo se aplica ao cacau em pó, mais indicado para quem quer reduzir as calorias.